Bem-vindo ao MyPopular!

Fique a par de várias dicas que o podem ajudar no dia-a-dia.

Fim do Mês

Antes de comprar, compare preços na Web

Publicado em 19-04-2017

Comprar pode ser um ato impulsivo ou um ato refletido. O primeiro acontece quando decide já na loja e perante os produtos fazer uma compra. O segundo exige algum planeamento e é quase sempre uma forma de poupar, de evitar desperdício e de contribuir para uma gestão mais inteligente do orçamento disponível. E não é difícil aplicar a regra a quase tudo.

A internet está inundada de comparadores de preços, que permitem analisar ofertas nas mais diversas áreas e lojas. Das compras de supermercado aos combustíveis, passando pela informática, viagens, hotéis, seguros, eletrodomésticos, decoração, artigos para bebe e muitos outros, os comparadores de preços online são gratuitos e em poucos segundos podem ajudar a tomar as decisões mais económicas.

A lógica de funcionamento é semelhante, independentemente da área em questão. O utilizador escolhe o produto ou serviço, pode ou não definir critérios para filtrar a busca e espera pelos resultados.

Quando a pesquisa devolve propostas apresentadas por lojas online, a informação mostrada também inclui detalhes relativamente aos custos associados a portes de envio ou taxas  (no caso dos voos por exemplo), um detalhe importante que influencia o valor final da aquisição e que nem sempre está incluído no primeiro preço mostrado.

Mas os comparadores online não apresentam apenas propostas para serviços ou produtos vendidos online. Muito pelo contrário. Também listam ofertas de lojas físicas, às quais a maior parte da população recorre no dia-a-dia, nem sempre com o tempo necessário para comparar todas as propostas que aí vai encontrar.

São exemplo disso os comparadores de preços em supermercados. Outra área onde vale a pena sentar-se ao computador antes de ir para a rua fazer compras é a da eletrónica, onde a oferta é vasta e os detalhes técnicos são menos fáceis de comparar numa loja movimentada com dezenas ou centenas de propostas aparentemente idênticas.

Os comparadores permitem não só revelar preços para um produto especifico em diferentes lojas, mas também mostrar a oferta disponível em várias lojas de acordo com um conjunto de critérios. Um exemplo: telemóvel com câmara de 5 megapixeis e sistema operativo Android por menos de 200 euros.

Também na área dos combustíveis os comparadores de preços podem ser um bom aliado da poupança, antes de sair de casa ou mesmo em trânsito.

A Direção-geral de Energia e Geologia mantém um site com preços para comparar de norte a sul do país e a partir desses dados surgiram várias aplicações móveis que permitem levar no bolso tudo o que é preciso saber para escolher sempre as propostas mais em conta, já que a generalidades destas apps usa a geolocalização do telemóvel para apresentar as melhores propostas perto de si a cada momento.

Mais Gasolina, Gasol e Vivagas são algumas das apps que pode experimentar para encontrar os melhores preços de combustíveis. Antes de ir ao supermercado pode usar ferramentas como o Mais Carrinho e o KuantoKusta Supermercados e não faltam opções para outras áreas, como o Momondo para bilhetes de avião, o Trivago para hotéis ou o Compare o Mercado para segmentos como os seguros ou crédito. A Associação de Defesa do Consumidor, a DECO, também disponibiliza comparadores de preços em algumas áreas, como a eletricidade ou o gás e a Anacom faz o mesmo para as telecomunicações.