O seu Dia a Dia
Fim do Mês

Artigos em que pode poupar dinheiro

Publicado em 16-10-2017

Lá diz o velho ditado que “o dinheiro está caro” e há que começar a poupar sempre e quando isso for uma possibilidade. O primeiro passo é olhar para as receitas mensais, subtrair-lhes as despesas fixas e ao resultado final tirar ainda as variáveis. E não se espante se, no final do mês, o saldo acabar por se revelar pequeno ou, até mesmo, negativo.

Para evitar esta realidade, e ajudar a minimizar o endividamento que tem vindo a aumentar entre as famílias portuguesas, importa começar a fazer contas à vida e integrar a palavra poupança em todos os nossos dicionários.

E poupar pode ser conseguir criar um pequeno fundo de maneio, disponível quando dele se precisar; pode ser reduzir os gastos supérfluos e atentar apenas no essencial; pode ser tudo isto junto e mais qualquer coisa.

A verdade é que existem muitos truques para poupar dinheiro; são ideias fáceis de adotar e com resultados (que podem ser) surpreendentes no final do mês. Deixamos algumas ideias:

1. Sacos de plástico

A ideia não passa apenas por cada um de nós se tornar “mais verde e ecológico”; a verdade é que, atualmente, os sacos de plástico têm um custo para o consumidor em praticamente todos os supermercados.

Assim sendo, junta-se o útil ao agradável: poupam-se vários cêntimos, e também o ambiente, se sempre que sairmos para as compras levarmos connosco alguns sacos suplentes ou adquirirmos sacos de compras em tecido que possam ser reutilizados por várias vezes.

2. Medicamentos

Se tivermos mesmo de fazer uma paragem na farmácia, então importa atentar nos medicamentos que vamos adquirir e, sempre que possível, escolher medicamentos genéricos. A diferença de valores pode ser significativa em alguns casos e os princípios ativos são idênticos!

3. Livros, música e filmes

Se é daquelas pessoas que não passa sem um bom livro, sem ouvir uma música relaxante ou sem ver um grande filme e, por isso mesmo, gasta fortunas neste tipo de produtos, temos uma solução para si. Volte a entrar numa biblioteca e deixe-se envolver pela sua oferta; requisite e leia os livros que mais procura ou peça-os emprestados a um amigo. A ideia vale também para música e filmes.

4. Roupa em saldos…

A roupa é algo que não podemos mesmo deixar de adquirir. Seja para nós ou para os nossos filhos, mais cedo ou mais tarde, lá teremos de ir às compras e “atualizar” o roupeiro.

Neste caso, porque não aproveitar os saldos para comprar roupa que pode usar em final de estação ou deixar já para o ano seguinte. Não raras vezes, existem restos de coleção que, em saldos, ficam mais baratos e que fazem bem a estação do ano seguinte.

5… ou comprada em outlets

Portugal começa já a contar com uma boa oferta em matéria de outlets, espaços que se assumem como uma alternativa eficaz e muito mais em conta quando se pensa em comprar roupa nova. Quer estejam instalados no mundo virtual ou em lojas com espaço físico, os outlets são uma excelente forma de poupança, com descontos que podem chegar aos 80% na compra de coleções anteriores.

6. Prendas

Tem uma festa de aniversário e não sabe o que vai oferecer, além de que não pode gastar muito dinheiro? Porque não optar por dar algo feito por si? Não raras vezes, quem recebe dá mais valor a este tipo de ofertas e quem dá consegue poupar algum dinheiro. A ideia é válida também para as lembranças de Natal.