Bem-vindo ao MyPopular!

Fique a par de várias dicas que o podem ajudar no dia-a-dia.

Fim do Mês

Cinco ideias para chegar ao fim do mês com dinheiro

Publicado em 09-05-2017

Gerir o orçamento mensal nem sempre é tarefa fácil, sobretudo quando aparecem despesas extra. É nestas alturas que normalmente renovamos os planos de poupança e a intenção de guardar algum dinheiro todos os meses, para uma situação imprevista.

Em teoria, é um bom plano, mas na prática muitas vezes é difícil de executar, embora existam alguns truques simples para controlar despesas a que não podemos fugir e que muito provavelmente ajudarão a criar a tal margem para imprevistos.

Pode começar pelas refeições, dentro e fora de casa. Se almoça fora diariamente, reduzir essa despesa terá um impacto importante ao final do mês e pode fazê-lo levando comida de casa. Pôr em prática esta ideia será mais fácil seguindo outro princípio “amigo da poupança”: planear com antecedência as refeições da semana.

Esta é uma forma, não só de poupar tempo diariamente a pensar no que vai fazer para o jantar, mas também dinheiro, porque evitará o desperdício de alimentos que vão ficando esquecidos no frigorífico.

Ainda na área da alimentação/compras de supermercado, outra forma eficaz de gastar apenas o que precisa é nunca sair para abastecer a despensa sem fazer previamente uma lista, que deve seguir sem ceder à tentação das promoções, quando se aplicam a produtos que não precisa. É uma técnica simples e eficaz para evitar compras por impulso.

Além da alimentação, as despesas com transportes ocupam geralmente outra fatia importante no orçamento das famílias portuguesas. Também aqui é possível repensar estratégias, para gastar menos.

Trocar o carro pelos transportes públicos e usar passe, que é significativamente mais barato do que os bilhetes individuais, é a mais óbvia, mas não é a única. Se a troca não compensar, a partilha do carro, ou das despesas, com um colega de trabalho que more perto pode ser uma opção.

Existem serviços online que facilitam o contacto entre quem está disposto a usar uma solução deste tipo, mas partilhar informação dentro da empresa também é uma possibilidade e provavelmente mais eficaz.

Em casa, fazer uma gestão cuidadosa dos recursos mais usados é outro fator de poupança. Desligar a água quando, durante o banho ou enquanto lava a loiça, não está a utilizá-la e fazer o mesmo com as luzes, sempre que sai de uma divisão, ou recorrer a iluminação natural são gestos simples mas importantes.