Bem-vindo ao MyPopular!

Fique a par de várias dicas que o podem ajudar no dia-a-dia.

Ser Feliz

Cinema 4D: um novo mundo de sensações

Publicado em 13-04-2017

As emoções a três dimensões já não são propriamente uma novidade nos cinemas portugueses, com muitos filmes preparados para oferecem versões que só podem ser “consumidas” nas melhores condições usando uns óculos especiais.

Filmes como o Avatar ajudaram a fazer entender as mais-valias do conceito (que também implica escolher sessões um pouco mais caras) e muitos outros se seguiram com sucesso neste formato. Mas a tecnologia não parou de evoluir e o 4D é um sinónimo disso mesmo.

A oferta já existe há algum tempo e quem passou por parques de diversões como a Disneyland sabe que há muito ali está disponível para fazer as delicias de miúdos e graúdos. Mas mais recentemente o 4D começou a chegar às salas de cinema comerciais.

Em Portugal, a novidade estreou há cerca de um ano. Exige espaços preparados para o efeito, uma vez que o que se pretende dar ao espectador é um leque ainda mais diversificado de sensações, incluindo experiências sensoriais.

Na base deste conceito está a tecnologia 4DX, que para funcionar exige um conjunto de transformações nas salas, a começar pelas cadeiras, que têm de ser modificadas para poderem mover-se, por exemplo. A ideia é que o espectador partilhe as sensações vividas pelas personagens do filme que está a ver, como voar, cair, andar à chuva ou andar de carro (não literalmente, como se imagina).

Outras transformações face a uma sala dita “normal” garantem a capacidade de recriar efeitos ambientais e de contexto, como vento, nevoeiro e chuva, ou difundir cheiros e aromas. Se o filme decorrer num ambiente húmido, frio ou quente, o espectador também poderá senti-lo.

O GaiaShopping recebeu a primeira sala do país equipada com tecnologia 4DX, mas quem está mais a sul também já pode experimentar o conceito, numa das salas do Almada Fórum.

Em cada filme a promessa é que quem assiste ao filme possa ter cerca de duas dezenas de experiências sensoriais distintas. A singularidade da experiência tem um preço. Os bilhetes para filmes exibidos numa sala deste tipo custam 12 euros.