O seu Dia a Dia
Ser Feliz

Faça desporto fora do ginásio

Publicado em 04-10-2017

Agora que o calor abrandou, mas as temperaturas ainda estão amenas e os dias se mantêm longos, pode ser a altura ideal para definir um programa de exercícios para fazer ao ar livre, pondo em prática aquela ideia que há tanto tempo vai guardando, de fazer um esforço para ter uma vida menos sedentária.

É cada vez mais frequente encontrar gente a correr e a caminhar junto ao mar e nas margens de rios, ou a passear de bicicleta. São adeptos de atividades outdoor, que podem ter tanto ou mais impacto positivo na saúde como a ida regular ao ginásio.

Tanto atividades de exterior como de interior trazem enormes benefícios para a saúde, desde que sejam adequadas à condição física de cada indivíduo e sejam praticadas com a frequência necessária para produzir resultados.

Quem opta pelo exercício ao ar livre poupa algum dinheiro e está mais perto da natureza, o que, segundo alguns estudos, terá até um efeito mais relaxante e recompensador do que a prática de exercício num espaço fechado. E as opções são muitas, se tem vontade de experimentar não precisa de se limitar à corrida, ou aos passeios de bicicleta.

Os circuitos de manutenção são uma opção disponível em quase todas as localidades. Estão normalmente em jardins ou parques e reúnem um conjunto de equipamentos que permitem fazer exercícios variados. Funcionam bem como complemento de uma caminhada e a utilização pode ser adaptada a diferentes níveis de condição física. O praticante pode definir o seu próprio programa de treino e ir aumentando progressivamente o tempo e as repetições em cada equipamento, para que o treino não se torne monótono.

Atividades como vólei, ténis, futebol e vários outros desportos de grupo também são opções para exercitar o físico com uma brisa no rosto e são em simultâneo uma oportunidade para juntar os amigos ou a família com um pretexto saudável.

Para quem prefere atividades mais solitárias pode experimentar o surf, andar de patins ou fazer ioga, entre outras opções. Com alguns acessórios simples (uma corda de saltar e alguns pesos, por exemplo) e com a força do corpo é igualmente possível combinar um número quase infindável de exercícios e desenhar um programa de treino. Depois é só escolher o cenário para pôr mãos à obra, que tanto pode ser o jardim lá de casa ou a praia mais próxima, a tempo de ver o pôr do Sol.