O seu Dia a Dia
Fim do Mês

GPL poderá ser uma opção efetiva?

Publicado em 23-02-2018

A compra de um carro é sempre motivo de análise demorada, de várias contas e de muita pesquisa. Na verdade, estamos a adquirir algo que será para utilizar ao longo de vários anos e que, quer se queira quer não, tem um peso grande no orçamento familiar mensal.

E, no que a automóveis diz respeito, nos últimos tempos, além das opções a gasolina, gasóleo e elétrico, surgiu uma nova variável a ter em conta: os automóveis a GPL (sigla que reflete o conceito Gás de Petróleo Liquefeito). Na verdade, o GPL tem vindo a ganhar cada vez mais adeptos em Portugal, nomeadamente depois de, em 2013, o Governo ter alterado um conjunto de leis muito restritivas relativamente à circulação deste tipo de veículos.

Nesse sentido, começa a ser cada vez mais habitual encontrar carros GPL a circular pelas cidades, mas, para quem ainda tiver dúvidas, deixamos aqui algumas das principais ideias a ter conta.

O que é o GPL?

Trata-se de uma mistura de gás propano e butano que, nos automóveis, é armazenado em estado líquido num depósito concebido para o receber.

Este tipo de carro também recebe gasolina?

Sim, os automóveis a GPL também têm um tanque de gasolina, pelo que são denominados bi-fuel. No arranque, o automóvel recorre à gasolina e só depois começa a ser utilizado o GPL; uma mudança que é automática e impercetível para quem conduz.

É seguro usar GPL?

Devido às leis muito claras neste campo, a segurança dos veículos a GPL é uma realidade, até porque a larga maioria vem já preparada de fábrica para esta modalidade.

Em termos legais, os veículos GPL são iguais aos outros?

Sim, os carros a GPL estão equiparados a todos os outros que dispõem de motor de combustão a gasolina ou gasóleo. Legalmente, devem apenas apresentar uma vinheta verde no para-brisas.

O GPL é uma opção mais amiga do ambiente?

Dizem os especialistas que este é um combustível menos poluente do que a gasolina e o gasóleo, reduzindo as emissões dos compostos que prejudicam a camada do ozono.

É um combustível mais económico?

Neste caso, as opiniões divergem e nem todos defendem as virtudes do GPL. Ainda assim, muitos são os especialistas que acreditam que é o custo da circulação com GPL a sua maior vantagem que, conforme os casos, pode chegar aos 40 a 50% do valor comparável em gasolina.

É possível converter um carro a gasolina ou gasóleo para GPL?

Se o seu automóvel não aceitar GPL de origem, poderá optar por avançar com a adaptação, mas tenha em conta que só o pode fazer através de técnicos certificados. Quase todos podem ser adaptados, embora, no caso do gasóleo, a conversão seja quase sempre demasiado cara para compensar o investimento.