Bem-vindo ao MyPopular!

Fique a par de várias dicas que o podem ajudar no dia-a-dia.

Simplificar o seu Dia

Vegans: quem são e o que comem

Publicado em 11-04-2017

A preocupação com uma alimentação saudável, com a sustentabilidade do planeta e com a forma como os animais são tratados pode condicionar o nosso estilo de vida e há quem leve o tema realmente a sério e adote princípios no dia a dia que refletem essa preocupação. É o caso dos vegans.

Quem segue este princípio deixa de fora da alimentação não apenas as carnes, como qualquer produto de origem animal, algo que também vale para o vestuário, para os cremes de corpo ou para os detergentes que se usam em casa.

Em suma, na alimentação de um vegan não entra carne, peixe, ovos, leite ou mel. No dia a dia, ficam de fora peças de roupa ou calçado que usem peles de animais, e nos produtos de limpeza estão excluídas as opções com algum ingrediente de origem animal ou que tenham sido testadas em animais.

Vários estudos têm sido realizados sobre o tema e sobre o impacto deste estilo de vida na saúde de quem o pratica e as conclusões indicam que, com os cuidados certos para compensar com outros alimentos o que não se vai buscar à carne e ao seus derivados, a opção pode efetivamente contribuir para uma vida mais saudável.

Ferro, vitamina D (que fortalece o sistema imunológico e ósseo) e vitamina B12 (que ajuda a manter o metabolismo do sistema nervoso), por exemplo, estão entre os nutrientes que podem ser mais difíceis de ingerir nas doses certas num plano alimentar que exclui qualquer alimento de origem animal, mas uma dieta equilibrada diminui o risco.

Entre os alimentos que permitem combater essa carência sem fugir aos princípios vegan estão feijões, vegetais verdes-escuros, fruta ou nozes, cereais integrais ou soja, além da quinoa, que tal como a soja pode dar uma ajuda também na ingestão dos níveis adequados de proteínas.

Fontes importantes de proteínas são ainda as leguminosas, as oleaginosas (como o pistácio ou a amêndoa), os legumes como a beterraba ou os brócolos, frutas como o abacate, ou cereais como o arroz. Mas a lista de alimentos de origem vegetal que permite substituir as propriedades encontradas nos alimentos de origem animal não fica por aqui.